quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Recolha de material

A Associação encontra-se a fazer uma recolha de material a diversos níveis, nomeadamente: livros, material didáctico, mobiliário, estantes, mesas, cadeiras de tamanho pequeno, entre outros.
Esta recolha vai no sentido de melhorar o espaço do ATL. As poucas verbas não permitem remodelar, como gostariamos, o espaço tornando-o confortável e agradável para as nossas crianças.
Assim sendo, toda a ajuda é bem vinda e agradecida do fundo do coração.
Para mais informações não existem em contactar a Técnica Cristina Machado.

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

netmóvel@vô

No dia 09 de Outubro de 2008, a netmóvel do baixo Tâmega, foi visitar o Centro de Convívio de Gondar. Os idosos puderam conhecer a realidade da informática e da internet. Através do messenger puderam comunicar com idosos de uma freguesia do Marco de Canaveses e com pessoas conhecidas...Palavras para quê vejam...



video

terça-feira, 14 de outubro de 2008

A VIDA DEPOIS DOS CINQUENTA...

Desejo de (re)começar a viver depois dos 50

Cursos, mestrados e doutoramentos, viagens de sonho, criação da própria empresa, voluntariado - são apenas algumas das opções que os novos seniores encontram para ocupar as horas vagas e, dizem, finalmente começar a viver.
"Apenas 34,1% dos portugueses com idade igual ou superior a 65 anos consideram o seu estado de saúde actual positivo e apenas 28,7% apresentam níveis de bem--estar psicológico elevados", conclui o estudo Bem Estar 65, conduzido pela empresa KeyPoint, a pedido do Instituto de Formação e Inovação na Saúde (Forpoint), o "maior estudo sobre qualidade de vida e bem-estar psicológico realizado em Portugal" e divulgado hoje.
A saúde é o principal motivo de diminuição de bem-estar neste grupo etário, mas também a solidão e a falta de condições económicas ou de estudos condicionam a qualidade de vida dos nossos seniores. Assim, tal como concordam os peritos em Gerontologia - especialidade recente no panorama da Medicina -, a promoção de actividades que permitam abrir horizontes, expandir conhecimentos, partilhar experiências ou, simplesmente, terminar com a solidão são fundamentais.
A Rutis, Rede de Universidades de Terceira Idade, representante e certificadora de 112 universidades da Terceira Idade do país desde 2005, é um bom exemplo de dinamismo pro-sénior e de como a info-exclusão dos mais velhos é, pouco a pouco, algo do passado.
Com aulas virtuais, em
www.seniorvirtual.net/, qualquer sénior poderá participar, inclusive dos momentos de convívio na sala virtual da universidade ou pelo hi5. Está também a tempo de concorrer a uma das duas bolsas de pós-graduação para mestrado ou doutoramento sénior, no valor de dois mil euros cada.
E então? Já percebeu que a vida começa depois da reforma? Por que não alargar horizontes e verificar o que é que o catálogo da Rede 55+ tem para lhe oferecer, em
http://www.byweb.pt/travel_pt.pdf?
"São actividades pensadas por pessoas com mais de 55 anos, em dez países da União Europeia, destinadas a maiores de 55", explica Teresa Pinto, da Byweb, empresa que concebeu e lançou também, em 1999, o site Projecto Tio.

Fonte: JN, Erika Nunes

domingo, 12 de outubro de 2008

DIA INTERNACIONAL DO IDOSO


"Dia Internacional do Idoso…" assim foi no passado dia 01 de Outubro de 2008.
Como vem sendo hábito, o CLAP, a ADESCO, o Centro Social de Real e o Bem-Estar de Gondar, Instituições Particulares de Solidariedade Social do Concelho de Amarante, reuniram as suas energias em prol da pessoa Idosa. Estas entidades, organizadoras, prepararam para os Idosos de todo o Concelho de Amarante, a comemoração do Dia Internacional do Idoso. Tendo convidado todas as Instituições do Concelho com intervenção na área da terceira idade, juntaram-se a estas a Cooperativa Sonho de Vida (Mancelos), Associação Progredir, o Centro Social de Jazente e a Associação Humanitária de Figueiró S. Tiago.
O evento decorreu no Centro Pastoral de S. Gonçalo, iniciando com a celebração da missa pelas 11h00, seguindo-se o almoço de convívio e uma tarde cheia de animação.
Neste convivo, estiveram presentes os vários Dirigentes Institucionais, assim como, a representante da Segurança Social de Amarante - Drª Rosário Loureiro e um representante da Câmara Municipal de Amarante - Dr. Hélder Ferreira e o pároco de S. Gonçalo. No fim do almoço, através de um discurso directo, José Clemente, da ADESCO, em nome da organização do evento, começou por dar as boas vindas ao novo padre de S. Gonçalo, desejando-lhe as maiores felicidades para a sua missão. Agradeceu a presença de todos os idosos no convívio, felicitou as técnicas das instituições organizadoras, bem como as instituições que abraçaram a iniciativa, esperando que no próximo ano participem neste evento todas as instituições do Concelho de Amarante. Felicitou as instituições pelo trabalho que têm vindo a desenvolver ao longo do ano em prol do bem estar dos idosos. Dirigindo-se aos idosos referiu: " É com grande orgulho que participo nesta iniciativa, porque ela foi feita para pessoas que já deram tudo de si à sociedade. Esta actividade simboliza o reconhecimento das instituições pelo muito que ao longo da sua vida fizeram pela comunidade".Agradeceu à CMA, na pessoa do Dr. Hélder Ferreira o apoio dado para a concretização da iniciativa, assim como ao Centro Pastoral, pela cedência do espaço"
De seguida, ouviu-se o representante da Câmara Municipal de Amarante, Dr. Hélder Ferreira, o qual relembrou "que o idoso não se deve sentir minimizado, mas sim valorizado. O saber destes nunca deverá ser esquecido. Para além disto, este evento consegue uma intervenção em Rede, chega a todas as freguesias do Concelho de Amarante, mesmo aquelas que estão mais distantes e isoladas do centro".
À Câmara Municipal de Amarante, um desde já MUITO OBRIGADO. Todos estão profundamente agradecidos, uma vez que esta entidade permitiu o desenvolvimento pleno da actividade, com o seu contributo financeiro.
Deve-se ainda, um agradecimento especial à FOTO BRAGA, que ofereceu uma fotografia de grupo a todos os idosos, na totalidade cerca de 150 fotografias.
A TODOS UM MUITO OBRIGADO E ATÉ PARA O ANO.



Um pouco de discurso….



Em prol da Terceira Idade, é necessário não esquecer que a tendência para o crescimento da população idosa é um dos traços mais salientes da sociedade portuguesa actual. A vitalidade das nossas sociedades depende cada vez mais da participação activa das pessoas idosas. Assim, o desafio passa por proporcionar uma cultura que valorize a experiência e o conhecimento que, aumenta com a idade. Todos devemos proporcionar as condições económicas e sociais que permitam à pessoa idosa uma integração plena na sociedade.
Com o avança da idade, é certo que, se ganha e se perde. Perdem-se capacidades físicas, psicológicas e sociais. Contudo é uma das características do ser humano, ter consciência destas perdas, o que implica uma melhor adaptação na forma de viver e actuar na sociedade. Quanto ao ganho, com o avanço da idade, não podemos deixar de focar a sabedoria popular e experiência.
Uma pessoa, com idade avançada, pode despertar para a realização criadora invulgar e ainda nos pode dar, não a noção de algum problema motivado pela idade, mas a alegria do gosto pela vida e pela humanidade, devendo para tal ter consciência que pode contar com o nosso apoio, acompanhamento e com uma palavra amiga.
Não devemos esquecer que a palavra envelhecer possui, tal como qualquer outro estádios da vida, os seus próprios valores, o seu próprio encanto, a sua própria sabedoria.
É por isso e para isto, que no dia-a-dia, com tristeza, com alegria, com dor, lutamos dentro e fora das nossas instituições com as pessoas mais crescidas na idade e na vida.